27.8.13

Palavras que poderiam ser minhas #2

“Há uma verdade universal que todos precisamos aceitar querendo ou não: tudo acaba algum dia (…) eu nunca gostei de finais. O último dia do verão, o último capitulo de um livro, despedir-se de um amigo próximo. Mas finais são inevitáveis. As folhas caem. Você fecha o livro. Diz Adeus. Hoje é um desses dias para nós. Hoje dizemos adeus a tudo que era familiar, a tudo que era confortável. Estamos seguindo em frente. Mas mesmo ao estarmos partindo e isso dói, há pessoas que fazem tanto parte de nós que estarão connosco não importa o que houver. Eles são nosso chão. Nossa Estrela Polar e as vozes em nossos corações que estarão connosco SEMPRE"


Andrew Marlowe/Terri Edda
(Castle 4x23)
*foto: Cindy Rodriguez

10 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  2. A face da culpa é complicada,sei bem como é e como nos pode confundir,é difícil mas tens que tentar fazer as pazes com a vida,o tempo pode ajudar mas não apaga tudo.

    Uma coisa que não tem a ver,isso que ai em cima diz Castle 4x23 não é da serie pois não?

    ResponderEliminar
  3. Não podes mesmo mudar o que aconteceu e a vida segue o seu rumo,não para e por muito que custe tens que continuar a viver.Talvez ainda seja muito cedo para aceitares,mesmo que o penses que podes estar a fazer.O importante é que ele saiba o quanto era importante para ti,pelo menos não ficaste com nada por dizer ou fazer,acredita que se não fosse assim seria um pouco mais complicado,pelo menos falo por mim.

    ResponderEliminar
  4. Castle é daquelas series que adoro para além do imaginável ;)

    ResponderEliminar
  5. Eu compreendo o que estás a passar porque já passei pelo mesmo,não perdi alguém desta forma trágica mas foi algo totalmente inesperado,e passei pela fase da falsa aceitação,da culpa,o desespero,a confusão de sentimentos e o melhor que tive foi o tempo e olhar para a vida com olhos de ver.É dificil ter com quem falar sobre isto porque as pessoas vivem as suas vidas de tal maneira que nem perdem tempo a olhar para a vida dos outros,mesmo que os consideremos amigos.

    ResponderEliminar
  6. Não tens nada que agradecer,estou sempre as ordens :)
    Tendo em conta a situação que foi é normal que para além de ti outras pessoas estejam a sofrer mas não podes esquecer o teu sofrimento para cuidar do outros,podem e deviam juntar as duas coisas,falar da pessoa e do que aconteceu pode fazer bem.Eu não tive aulas de psicologia e o que sei sobre luto é por experiência própria e infelizmente já me aconteceu mais do que uma vez.Continua a escrever sobre ele aqui,é uma forma de libertares o que sentes e de ser ouvida.

    Castle é muito engraçado,e mesmo agora que finalmente namoram a serie não deixou de ter piada.

    ResponderEliminar
  7. Tu podes ser aquela que toma sempre conta dos outros mas terás sempre que tomar conta de ti também,se não o fizeres não vais estar bem para tomar conta da ninguém.Pelo menos tens o blog onde podes escrever o que realmente sentes e isso já é um bom principio.O amigo que perdeste era o mesmo do qual escreveste um post a pouco tempo,de serem amigos apesar de serem diferentes?

    ResponderEliminar
  8. Eu não diria que o texto ficou uma porcaria,antes pelo contrario,descreve bem a relação que tinham e como era especial para ti.Escreveres aqui será sempre uma forma de desabafar,de lidar com a dor,é uma boa forma de não guardares tudo para ti,só te vai fazer mal se o fizeres.

    ResponderEliminar
  9. Todos temos pelo menos uma amizade esquisita,e são essas que se tornam mais especiais.A dor é uma excelente fonte de inspiração por isso parece me que ainda vem por ai muitos outros textos dedicados a ele.

    ResponderEliminar
  10. Tudo muda, tudo acaba...a maior das verddes.

    beijinhos

    ResponderEliminar